E lá fui eu operar de novo…

Depois de uma certa idade, parece que só o que faço é operar, rs. Em 2012 foi a vesícula, em 2016 foi uma pedra nos rins e agora o útero retirado, não tinha mais jeito. Antes disso, três cesarianas. Nem posso me gabar de não ter engessado parte alguma do corpo na infância, por mais peraltice que tenha feito. E não paro por aqui, não. A pedra ainda está no rim, esperando ser tirada. E não vou escapar de uma cirurgia bucal. Ô, vida… Ao menos a licença serve pra gente colocar algumas coisas em dia, como leituras atrasadas, estudos da pós, o próprio sono e até mesmo resgatar uns planos que tinha deixado de lado. Va bene.